☂ Pessoal

☂ segunda semana do nanowrimo.

13 de Novembro, 2018
               Ora, não melhorou muito, não. O Nanowrimo é assim um pouco (muito) mais complicado do que eu pensava ser e eu sei que já disse isto antes, mas quis dar enfâse. Esta semana contabilizo 2.529 palavras quando devia ter escrito 11.669. A razão pela qual ainda continuo é porque é melhor do que nada, sinceramente (e não quero desistir). Ainda assim, estou a conseguir fazer melhorias e avanços ótimos já que criar uma rotina de escrita ajuda IMENSO para acabar um livro. Honestamente, este evento é só uma desculpa para criar essa mesma rotina e continuar com ela mesmo que o mês de novembro acabe.
              Na segunda-feira (5) escrevi NADINHA. Estive a fazer conteúdo para o blog, não me dando muito tempo para escrever. Além disso, a preguiça também não ajudou. Precisava de uma pausa, peço desculpa.
                 Terça-feira (6) foi o melhor dia disto: escrevi 838 palavras. Não consigo fazer mais do que isto, eu acho. A minha concentração está mesmo péssima e distraio-me com pequenas coisas. Acabei por parar de escrever à meia noite porque disse que queria ir dormir cedo e não fui porque estive a falar com uma amiga minha e só me deitei à 1h30 da manhã, enfim. A vontade de me deitar não era muita, claramente. E também tentei esta coisa de fazer vídeo sabem, mas não sei se resultou bem.

(peço desculpa pela edição rasca E acabei por escrever mais porque já que não estava a fazer mais nada né)
              Na quarta-feira (7) lá foram as 605 palavras e consegui acabar um capítulo. O quarto capítulo de Adjacente foi publicado no dia seguinte, mas estava finalizado. Podem vê-lo aqui.
              Quinta-feira (8) foi o segundo pior dia de escrita em termos de números, mas mesmo assim consegui escrever 189 palavras. Podia ter sido zero.
              Sexta-feira (9), novamente, NADINHA. Eu sei que parece que não me estou a esforçar, e talvez não esteja, enfim. Às vezes tenho motivação, outras não. Têm sido dias complicados mentalmente, o que não me permite escrever tanto quanto eu gostaria.
              Sábado (10): 159 palavras. Só. Eu sei. No entanto, preferia estar na companhia da minha mãe do que estar à frente de um computador a escrever (e a distrair-me).
              No domingo (11) consegui voltar ao ritmo e escrevi 739 palavras.
Não consigo fazer melhor do que isto, minha gente. Enfim. Desejem-me sorte!
Até já, Rainers,

    Diz o que pensas! ;)

    Blog Stats

    • 287 hits

    %d bloggers like this: